loading 1 loading 2
WhatsApp Web: 51 9207 3502
Porto Alegre / RS 51 3228 3753
Porto Alegre / RS 51 3061 2313
Porto Alegre / RS 51 3211 3486
Porto Alegre / RS 51 3224 3715
Butiá / RS 51 3652 2773
Triunfo / RS
em frente ao Postão
51 3654 4264

Anticorpos Anti-Endomísio

A pesquisa de Anticorpos Anti-Endomísio é utilizada como triagem no diagnóstico e monitoração do tratamento da DOENÇA CELÍACA e da dermatite herpetiforme.

O endomísio é uma bainha que envolve as fibras da musculatura lisa, que auxilia na digestão dos nutrientes. A doença celíaca é uma doença autoimune, onde o próprio organismo produz anticorpos contra partes saudáveis do nosso corpo. Nessa doença, a ingestão de glutén (fração proteica de grãos como trigo, aveia, cevada e centeio) leva a produção de anticorpos anti-endomísio, anti-gliadina e anti-transglutaminase, que atingem a parede intestinal.

- Os anticorpos Anti-Endomísio possuem 90 a 95% de sensibilidade e especificidade. 

Tipos de exame:

- Anticorpos Anti-Endomísio IgA: É o mais utilizado para o diagnóstico, porém, existem doentes celíacos que não possuem elevação de anticorpos IgA e também aqueles que com dieta e tratamento seus níveis ficam praticamente nulos. Por este motivo, resultados negativos não descartam a possibilidade diagnóstica, devendo-se lançar mão dos outros marcadores.

- Anticorpos Anti-Endomísio IgM

- Anticorpos Anti-Endomísio IgG: É quase sempre detectável em pacientes celíacos com deficiência de IgA e não desaparecem com o tratamento e dieta.

Para diagnóstico de doença celíaca, é aconselhável a realização de outros exames como Anticorpos Anti-Gliadina e Anticorpos Anti-Transglutaminase. Em conjunto, são utilizados como triagem para a presença da doença celíaca.

Orientações de coleta:

- Este exame não necessita jejum ou qualquer preparo anterior a coleta.

Faça um Orçamento
pelo WhatsApp!